Integrando os modos de transporte

 

A IFluxo acredita que o esforço que o indivíduo tem que fazer para alcançar o modo de transporte principal formam uma barreira e, às vezes, inviabilizam uma viagem multimodal, empurrando a pessoa para o transporte individual.

Essas barreiras podem ser barreiras físicas (caminhadas, sobe e desce de escadas, passarelas, falta de estacionamento), mas também barreiras cognitivas (tempo de espera, sentimento de insegurança, status social).

 

A IFluxo trabalha para melhorar o transporte intermodal reduzindo o impacto dessas barreiras através dos seguintes serviços:

•Quickscan (Detecção rápida) das principais barreiras
•Análise e modelagem de acessibilidade aos terminais de transporte de pessoas e melhoria do fluxo de pessoas
•Ponto de acesso ao transporte público: análise e desenvolvimento de pontos de integração com o Transporte Público